FANDOM


Cleonirdossantos
Cleonir dos Santos
Informações Básicas
Nascimento 9 de julho de 1937
Cidade do Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Morte 1997 (60 anos)
Cidade do Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Residência
Causa da morte insuficiência renal
Nacionalidade Bandeira Brasileira Brasileiro
Estatura
Nomes alternativos
Ocupações Dublador
Anos ativos
Mãe
Pai
Parentesco
Cônjuge
Companheiro(s)
Filhos

Cleonir dos Santos foi um dublador Carioca.

Cleonir nasceu no dia 9 de julho de 1937 na cidade do Rio de Janeiro. Começou cedo no Rádio aos 7 anos de idade em 1951 na Rádio Tamoio. Na mesma época entrou para Rádio Tupi, e posteriormente para a TV Tupi, aonde ficou conhecido como o garoto prodígio da emissora.

Na Rádio Tamoio, entre outros participou da novela As Cinco Letras de Ouro em 1953, de Clímaco Cesar, ao lado de Márcia Gonçalves e Paulo Célio.

Na TV participou na TV Tupi do programa Mesa Quadrada, atuando em uma peça ao lado de Neuzira Silva, Milton Moraes e Walter Gaspar também em 1953.

No Teatro, uma de suas primeiras peças foi O Coelhinho da Sorte com apenas 9 anos de idade no mesmo ano 1953. Na peça Cleonir fazia o Coelhinho, Miriam Pires fazia a Cigana, o bailarino Cassando Orlec fazia o Cigano, Geraldo Markan e Paulo Marques como Os Guardas, Zezinha Macedo como a Tia Marla, além da participação do Coral e Corpo de Baile do Teatro Experimental de Opera.

Ainda no mesmo ano fez outra peça intitulada O Casamento de Branca de Neve com direção de Fernando Fortarel, ao lado de Georgette Villas, America Maria, Jorge Oliva, Jaime Silva, Valquíria Barbosa, Augusto Carvalho, Rubens Pereira, Nivaldo Miranda, Luiz Porto, Carlos Alberto, e grande elenco.


Entre outras peças infantis que participou está As Aventuras do Saci Pererê de Ziraldo, ao lado de Suely Franco que fazia uma personagem que gostava do personagem de Cleonir. Essa era uma peça feita com fantoches. Esse tipo de Teatro era uma paixão na vida de Cleonir, e sempre quando podia, fazia.

Em 1955 participou de seu primeiro filme, chamado Chico Viola Não Morreu, e no ano seguinte fez O Diamante. Alem de novelas também fez Teleteatro e Programas Infantis.

Cleonir veio a falecer precocemente no ano de 1997, por agravamento de sua insuficiência renal.   

Mesmo partindo cedo, Cleonir deixou um legado lindo de interpretações marcantes em 40 anos dedicados a dublagem, sua maior paixão, na qual ele deu sua alma, e o reconhecimento de tal trabalho, paixão e dom, é reconhecido por muitas pessoas que tiveram suas vidas marcadas com a genialidade deste profissional versátil e incrível que foi Cleonir dos Santos.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.