FANDOM


Jorgeh Ramos
Jorgeh Ramos
Informações Básicas
Nascimento Jorgeh José Ramos
3 de fevereiro de 1941
Recife, Pernambuco, Brasil
Morte 1 de dezembro de 2014
Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil
Residência
Causa da morte
Nacionalidade Bandeira Brasileira Brasileiro
Estatura
Nomes alternativos
Ocupações Ator, locutor, dublador e jornalista
Anos ativos 1957-2014 (ator)
1960-2014 (locutor)
1963-2014 (jornalista)
1966-2014 (dublador)
Mãe
Pai
Parentesco
Cônjuge Jussara Ramos (2004-2014)
Companheiro(s)
Filhos Primeiro Casamento:
Jorge Augusto
Adriana
Com Jussara:
Jorge, Gabriel e Pedro

Jorgeh José Ramos (Recife, 3 de fevereiro de 1941 - Porto Alegre, 1 de dezembro de 2014) foi um ator, locutor, dublador e jornalista brasileiro. Ele dublou a voz de Grande Príncipe da Floresta em Bambi, foi muito conhecido por ser voz de quatro grandes vilões da Disney no Brasil: Capitão Gancho em Peter Pan, Bill Sykes em Oliver e sua Turma, Jafar em Aladdin e Scar em O Rei Leão.

Curiosamente, ele é muito conhecido também por fazer vilões de outros filmes animados, que não são da Disney, como A Princesa Encantada e Anastasia.

Biografia Editar

Jorgeh José Ramos nasceu 03/03/1941, na cidade de Recife, Pernambuco. Jorgeh José Ramos mudou-se para São Paulo em 1954, com os pais. Jorgeh Ramos começou a carreira de ator em 1957, no teatro. Jorgeh entrou para a rádio nacional em 1960. Em 1963, Jorgeh tornou-se jornalista. No ano de 1966, Jorgeh entrou para a dublagem, na AIC, em São Paulo. Por volta de 1968, Jorgeh foi para o Rio de Janeiro, para dublar lá, ingressando na Herbert Richers. Em 1974, Jorgeh entrou para a Tecnisom. No ano de 1977, Jorgeh saiu da Herbert Richers, após uma greve de dubladores, entrando na Peri Filmes, como dublador, diretor de dublagem, e diretor de produção. Por volta de 1980, Jorgeh entrou para a Croma. Em 1983, Jorgeh entrou na Telecine. No ano de 1986, Jorgeh entrou para VTI. Por volta de 1989, Jorgeh entrou na Delart. Em 1992, Jorgeh entrou para a Cinevideo. No ano de 1995, Jorgeh entrou na Dublamix. Por volta de 1998, Jorgeh entrou para a Wan Macher. Em 2001, Jorgeh fundou a Som de Vera Cruz, onde começou a dirigir dublagens e fazer a locução da empresa. No ano de 2004, Jorgeh entrou na Audiocorp. Por volta de 2007, Jorgeh entrou para a Áudio News. Em 2010, Jorgeh entrou na Double Sound. No ano de 2013, Jorgeh aposentou-se da dublagem, e vendeu a Som de Vera Cruz para Peterson Adriano. Jorgeh morreu em 01/12/2014, devido ao câncer. Jorgeh foi casado duas vezes, quando morreu ainda era casado, e teve 6 filhos dos dois casamentos.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.