FANDOM


493568.jpg-r 640 600-b 1 D6D6D6-f jpg-q x-xxyxx
Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra
Dirigido por
Produzido por
Escrito por
Roteiro
História
Narrado(a) por
Estrelando
Música por
Cinematografia
Editado por
Companhia(s) produtora(s)
Distribuição
Lançamento
Duração
Idioma
Orçamento
Renda
Precedido por
Seguido por

Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra é um filme americano produzido pela Jerry Bruckheimer Films e distribuído pela Walt Disney Pictures em 2003 baseado no brinquedo Pirates of the Caribbean dos parques temáticos da Disney Parks and Resorts. O filme foi dirigido por Gore Verbinski e produzido por Jerry Bruckheimer.

A história segue o pirata Capitão Jack Sparrow (Johnny Depp) e o ferreiro Will Turner (Orlando Bloom) enquanto eles tentam resgatar a raptada Elizabeth Swann (Keira Knightley) da tripulação amaldiçoada do Pérola Negra, comandada pelo Capitão Hector Barbossa (Geoffrey Rush). Jay Wolpert desenvolveu um roteiro baseado no brinquedo em 2001 e Stuart Beattie o reescreveu no início de 2002. Nessa época, o produtor Jerry Bruckheimer se envolveu no projeto; ele fez Ted Elliott e Terry Rossio trabalharem no roteiro, adicionando uma maldição sobrenatural ao enredo. As filmagens ocorreram de outubro de 2002 até março de 2003 em São Vicente e Granadinas e em cenários de estúdio construídos em Los Angeles, Califórnia.

A estréia mundial do filme ocorreu na Disneyland Resort, em Anaheim, Califórnia, no dia 28 de junho de 2003, o filme foi lançado em 29 de agosto de 2003 no Brasil. A Maldição do Pérola Negra foi um sucesso inesperado, com críticas positivas e arrecadando mais de U$$ 654 milhões mundialmente. O filme se tornou o primeiro da série, seguido por Piratas do Caribe: O Baú da Morte (2006), Piratas do Caribe: No Fim do Mundo (2007), Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas (2011) e Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar (2017). O filme foi indicado a cinco Oscars, incluindo Melhor Ator para Johnny Depp.

ResumoEditar

ElencoEditar

Vozes do BrasilEditar

Créditos da dublagem brasileira
  • Estúdio: Delart
  • Direção de dublagem: Pádua Moreira
  • Tradução: Iara Peracchi
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.