The Simpsons (Os Simpsons em PT-BR), é uma série de animação estilo sitcom, no ar desde 1989. Foi criada por Matt Groening. Seus direitos foram para a Disney em 2019, após a aquisição da Fox.

História[editar | editar código-fonte]

Seu início foi como esquetes de 1 minuto dentro do The Tracey Ullman Show, um humorístico exibido pela Fox americana nos anos 80. Em 1985, o produtor James L. Brooks, viu o trabalho de Groening, as tirinhas "Life in Hell", publicadas desde 1977 e gostou do resultado, e solicitou que elas fossem adaptadas para a televisão, porém Groening, não aceitou, pois tinha medo de perder os direitos dos quadrinhos, que eram impressos em mais de 250 jornais semanais. Então propôs a Brooks, um novo show, que traria uma família, com nomes inspirados em seus próprios familiares, e Bart, seria um anagrama de "Brat" (moleque em inglês). Como as esquetes faziam bastante sucesso, a Fox, encomendou um piloto de 30 minutos (incluindo comerciais), que foi ao ar em 17 de dezembro de 1989, como um especial de natal.

O restante dos episódios da primeira temporada foram ao ar em 1990. Ao longo de 33 anos de existência (contando com as esquetes), a animação ganhou uma legião de fãs no mundo todo, e já atravessa gerações.

São 31 temporadas e um total até agora de 684 episódios.

Rendeu um longa metragem em 2007, quadrinhos, jogos de videogame e celular, e inúmeros outros produtos.

Exibição no Brasil[editar | editar código-fonte]

Estreou no Brasil em 6 de abril de 1991, na Rede Globo, no horário das 17:35, e ficou na emissora por muitos anos, após isso foi para o SBT onde ficou um bom tempo sendo exibido no horário do meio dia, e posteriormente voltou à Globo, dentro do extinto TV Globinho, e aos sábados somente para afilhadas sem programação regional.

Nos anos 2010, foi para a Band, onde era exibido como tapa buraco, em vários horários, que variavam, de madrugada, as tardes, manhãs e noites, sem horário definido, sendo assim sua última exibição em tv aberta.

Também foi transmitido de forma "clandestina" no canal gaúcho Ulbra TV no final dos anos 2000.

Atualmente é exibido apenas no Fox Channel, em dois horários, à tarde na faixa das 16 horas e a noite na faixa das 20 horas (depende da duração dos filmes exibidos), de segunda à sexta, e infelizmente não está disponível em nenhum serviço de streaming brasileiro.

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Sua exibição na TV aberta, vinha com muitos cortes, pois segundo o sistema de classificação indicativa, sua classificação é de 12 anos, por conter linguagem imprópria e violência dependendo do episódio, além de conteúdo para adultos, embora seja vendido como um desenho infantil pelas emissoras abertas.

Em seus últimos anos deixou seu humor ácido do início, e o trocou por temas mais leves, o que gerou revolta em seus fãs mais antigos, que acusam o programa de ter se entregado ao "politicamente correto"

Outra controvérsia é o personagem Apu, que muitos consideram caricato e ofensivo aos indianos

Uma das maiores polemicas é o episodio "Blame it on Lisa" de 2003, no qual a família visita o Brasil, e muitos cidadãos se sentiram ofendidos com a forma que o país foi mostrado, inclusive pedindo a censura do episódio, e chegando haver um processo da secretaria de turismo do Rio de Janeiro, que posteriormente foi indeferido

Legado[editar | editar código-fonte]

Os Simpsons abriu uma porta importante em termos de animações, principalmente as de temática adulta, pois até sua criação, as animações eram voltadas à crianças em sua grande maioria. Após sua criação tivemos inúmeras animações como South Park, Beavis and Butthead, Rick and Morty, Bob's Burguer, Brickeberry, Bojack Horseman, Family Guy, American Dad, além da animação de Groening Futurama, entre outras que também conquistaram uma legião de fãs.

Filme e Futuro[editar | editar código-fonte]

Em 2007, foi lançado o primeiro longa metragem da série, que bateu recordes de bilheteria em termos de animações, faturando mais de 500 milhões de dólares no mundo, um número alto para uma animação em formato tradicional, numa época que as animações 3D já dominavam as bilheterias

Após a venda da Fox à Disney, o futuro dos Simpsons ainda é incerto, embora tenha sido renovada para sua trigésima segunda temporada, ainda sem previsão de estréia. Rumores apontavam em um cancelamento

Personagens Descontinuados[editar | editar código-fonte]

Alguns personagens foram tirados de cena, devido ao falecimento de seus dubladores, os mais conhecidos foram Troy McClure que era dublado por Phil Hartman, morto em 1998, e seu personagem aposentado, e Edna Krapappel dublada por Marcia Wallace, morta em 201? por um câncer, e a merendeira Dóris, dublada por uma atriz já falecida

Já a personagem Maude Flanders, foi "assassinada", após sua dubladora sair da série

"Previsões" do Futuro[editar | editar código-fonte]

Algo que está chamando a atenção nos últimos tempos, são as "previsões" feitas pelos Simpsons, em seus episódios, de eventos políticos, à cultura pop, várias "revelações" foram feitas em seus episódios como a vitória da Alemanha, na Copa do Mundo de 2014, a vitória de Donald Trump nas eleições para presidente nos Estados Unidos em 2016, e até mesmo a pandemia de Coronavírus, mesmo que de forma indireta foi "prevista".

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.